Jenna Coleman conta como está sendo o seu isolamento social em entrevista com Harper’s Bazaar
06.05.2020
postado por Andrea de Lucca
Além de falar em entrevista com a Harper’s Bazaar UK sobre o seu isolamento social devido ao COVID-19, Jenna Coleman também compartilhou algumas fotos do que tem feito ultimamente em casa. Confira a tradução na íntegra:

A atriz Jenna Coleman estrela o último fascículo da nossa nova série-diario de isolamento social onde amigos da Bazaar compartilham o que eles estão comendo, lendo, assistindo e vestindo em casa nesse momento. Leia o isolamento social com Jenna:

Eu estou vestindo…
“Vamos encarar isso, nem eu realmente sei. Roupas de academia, agasalho esportivo (as peças da Les Tien são insanamente confortáveis), jardineiras, e devido a minha nova pretenção de ser jardineira, eu não vivo sem o meu chapéu da Shrimps. Eu também descobri os vestidos da Caponi, que não apenas te fazem sentir como em um livro da Brontë, mas também servem como camisola.”

Eu estou assistindo…
“Eu estou assistindo a filmes clássicos e um mix dos filmes de festivais do ano passado. “Os Guarda-Chuvas Do Amor” iluminou a minha tarde de domingo (e me fez querer redecorar a minha casa inteira). Um favorito recente foi o lindo “Um Retrato de Uma Jovem Em Chamas” de Céline Sciamma, que me fez sentir ser transportada para uma pintura quadro a quadro. “Amazing Grace”, o documentário de Aretha Franklin, é maravilhoso de assistir caso você queira algo revigorante para a alma. Eu estou devorando a série “Pessoas Normais”, Marianne e Connel são trazidos para vida afinados perfeitamente, é tão raro achar as complexidades de um relacionamento retratado com tanta honestidade nas telas.”

Eu estou ouvindo…
“Diana Keaton lendo a coleção de ensaios “Slouching Towards Bethlehem” de Joan Didion no Audible, junto com os podcasts de Adam Buxton e Dolly Alberton e Pandora Sykes, The High Low.

Eu estou lendo…
“Eu acabei de ler “Me Encontre”, a sequência de André Aciman “Me Chame pelo Seu Nome”, é tão suntuosa a sensação de ser mentalmente transportada para a Itália. Eu estou avançando para a Grécia com A Theatre For Dreamers de Polly Samson, o que me fez escutar Leonard Cohen e mergulhar nos livros de Ernest Hemingway que eu nunca li. O livro The Overstory de Richard Powers é o próximo da lista.”

Eu estou cozinhando…
“Eu não consigo me lembrar da última vez em que realmente cozinhei. Normalmente eu não estou em um lugar por muito tempo, então eu estou realmente aproveitando esse tempo estacionário. Eu estou usando a panela elétrica e alguns livros de receitas, juntando forças com o que tem no armário da cozinha, você consegue ser criativo e evita desperdícios. Eu também estou tentando apoiar os negócios locais. O HFQ, que normalmente entrega em restaurantes, agora está oferencendo entrega em casa, e para os vegetais eu estou utilizando Odd Box London e Spring Green London. Eu fiquei obcecada com chimichurri, que vai com tudo. E eu estou aproveitando margaritas feita em casa inspirada por Laura Jackson.”

O aplicativo que eu tenho usado mais…
“Eu venho usado o conta-passos Steps App, que é chocantemente verdadeiro nesse momento, e o Zoom para manter contato com as pessoas que amo. Eu performei uma peça virtual ao vivo A Separate Peace, através do Zoom com a Curtain Call e Plataform Presents. Eu amei ser parte de uma comunidade virtual tentando contribuir e ser criativa. Eu estou em pós-produção em The Serpent (o drama crime da BBC), onde eu interpreto uma Franco-Canadense, então a prática do francês está em andamento (eu uso o Memrise e o Duolingo diariamente). Eu acho aprender uma nova língua muito difícil -não está programado dentro de mim- mas o Memrise incorpora pessoas da vida real então você sente os sotaques e a comunicação. Faz com que aprender seja um bastante viciante.”

O treino que eu venho fazendo…
“Eu tentei o The Class de Taryn Toomey, a qual eu acho muito libertador e terapêutico. Eu realmente recomendo para livrar-se daquela energia que está estagnada. É um momento muito estranho e eu acho que você não percebe o que você guarda dentro do seu corpo. Isso te da liberdade para fazer tudo ir embora – meditação, cardio e condicionamento em um- com ótima música.

O autocuidado que eu venho praticando…
“Sais de banho da Epsom e qualquer coisa da Biologique Recherché. Eles fazem máscaras faciais fantásticas.
O jogo Scattergories também foi tirado do armário, o que foi uma grande revelação. Eu também não tenho vergonha de admitir que tenho recorrido a jumper-shaving o que está me livrando daqueles velhos pompons.”

A nova habilidade que estou aprendendo…
“Jardinagem… Alguma dica? Eu sou uma completa iniciante. Eu comprei alguns giz de cera a óleo e planejo assistir a alguns tutoriais da Partnership Editions.

O que eu estou fazendo para me sentir menos ansiosa…
“Entendendo o poder da rendição e de se afastar em completa admiração para todos os nossos principais trabalhadores e a NHS, que sempre foram nossos heróis. Existe uma sensação de desamparo e medo, mas vendo como essa pandemia está unindo uma comunidade, o amor e a criatividade ao redor do mundo em um tempo de crise me faz sentir humilde.”