Arquivo de 'jodie whittaker'



“Ela é uma estrela, uma Audrey Hepburn absoluta”, Peter Capaldi sobre Jenna Coleman
08.11.2018
postado por JCBR
Fotografada por Richard Phibbs, Jenna Coleman está na edição de dezembro da revista Harper’s Bazaar UK. Edição especial que conta com entrevistas com as 15 mulheres que se destacaram neste ano pela revista. Dentre elas, Coleman se destacou, foi homenageada e recebeu um prêmio durante o Harper’s Bazaar Women of the Year Awards por sua atuação, vocês podem conferir todos os detalhes da cerimônia aqui, que contou com o discurso emocionante de Peter Capaldi antes de entregar o prêmio para sua amiga e ex-colega de trabalho. Sem mais delongas, confira a tradução e os scans embaixo da entrevista que a atriz concedeu para a revista britânica:

Após Jenna Coleman deixar a legendária série de sci-fi Doctor Who, seu parceiro de trabalho Peter Capaldi, fez um lindo tributo em uma entrevista. “Ela é uma atriz fabulosa, ela tem uma grande sensibilidade, uma grande graciosidade, humor, cordialidade e paixão. E ela é uma estrela, uma Audrey Hepburn absoluta.”

“Ele disse isso?” Coleman pergunta em seu suave sotaque nortenho, quando nos encontramos em uma manhã fresca de setembro em um jardim ensolarado perto de sua casa no leste de Londres. Ela reflete sobre esse elogio por um tempo. “Geralmente ele me chama de “pequeno elfo””, ela diz. Essa modéstia é típica da atriz de 32 anos, apesar de agora ela ser um nome global e ter fãs fazendo reverências para ela na rua, graças ao seu papel de protagonista em Victoria. O suntuoso drama real cativou o público desde que foi ao ar em 2016, em grande parte, devido a representação cativante e convincente de Coleman da jovem monarca. Sua pesquisa para o papel foi meticulosa, que envolve ler 122 volumes dos diários privados da Rainha e aprender a tocar piano. “Ultimamente, meu trabalho como atriz é capturar a essência e a energia de outra pessoa”, diz ela.

“Desde muito cedo parecia muito certo, apenas se encaixava”, explica ela quando pergunto como ela sabia que queria atuar. “Eu amava assistir filmes, e minha cabeça sempre estava nos livros e histórias. Eu só tinha que trabalhar para fazer isso como o meu trabalho.” Evitando a escola de teatro, Coleman assumiu o papel da criança rebelde Jasmine Thomas em Emmerdale aos 19 anos, e sua atuação deu a ela uma nomeação na categoria Most Popular Newcommer no National Television Awards em 2006. Três anos depois ela juntou-se à aclamada série da BBC, Waterloo Road, antes de aparecer como Clara Oswald, a companion brilhante de Doctor Who, inicialmente contracenando com Matt Smith e depois Capaldi.

Ela está animada para ver o que Jodie Whittaker faz como a primeira Doutora. “Acho que este ano provou que há um interesse em ver uma projeção sua ao invés de um estereótipo, e as pessoas do topo percebem que vão vender e que é isso que as pessoas querem ver”, diz ela. “Mas acho que ainda há um caminho a percorrer – se você não está interpretando a jovem ou a mãe ou a mulher mais velha, há um tipo de vazio nos papéis para as mulheres.” Não para Coleman, cuja audiência alcançada, no tenso thriller psicológico The Cry, viu ela assumindo o papel principal mais uma vez e dominando um outro gênero desafiador.

“Eu fiz uma turnê mundial com Peter Capaldi, o que é uma frase engraçada por si só, e apareceríamos no Rio de Janeiro ou México e tinha pessoas gritando”, diz ela. “Mas você tem que ir sabendo que não é real, então você mergulha e tem essa incrível experiência de vida, eu acho que é a única maneira saudável. Não acho que é algo muito normal estar em tapetes vermelhos com fotógrafos – você tem que se retirar um pouco.” Ela é notoriamente reservada quando se trata de discutir seu relacionamento de dois anos com Tom Hughes, que interpreta seu marido na tela Príncipe Albert, e ela mantém um círculo fechado de amigos que ajudam a mantê-la com os pés no chão. “Eu tenho um grupo no Whatsapp chamado HQ, para Headquarters“, ela confidencia. “Eles sabem quem são.”

Em breve, Coleman estará conquistando uma nova base de fãs, assinando para estrelar uma produção de All My Sons, ao lado de Sally Field, Bill Pullman e Colin Morgan, no Old Vic em abril do próximo ano. Ela percorreu um longo caminho desde os 10 anos, interpretou uma dama de honra italiana em uma turnê de produção de Summer Holiday. Como ela se sente sobre atuar no palco novamente? “Bem. Eu preciso. Já está na hora. E estar com esse grupo incrível!” Com ou sem uma coroa, está claro que o reinado de Jenna Coleman está apenas começando…